Interação nas redes sociais: 4 pilares para sua empresa se destacar e converter mais

Interação nas redes sociais: 4 pilares para sua empresa se destacar e converter mais

Quando falamos em estratégias de Marketing Digital, é quase impossível não pensar numa boa gestão e interação nas redes sociais, certo? E isso contempla não só ter publicações bem definidas, conteúdos persuasivos e um punho de ferro para fazer Social Ads eficientes (isso é, converter mais pagando menos).

 

Atenção

Ao contrário de outros tempos, as redes sociais tornaram a comunicação entre marca e utilizadores horizontal. Se antes as empresas pautavam os temas a serem discutidos pelos consumidores, hoje estes têm voz para trazerem os seus interesses (e o que os desagrada) para o conhecimento da empresa, seja em forma de comentários públicos ou de avaliações.

Neste cenário horizontal, lembre-se que a sua marca é percebida como uma persona nas redes sociais, onde utilizador irá recorrer quando precisar, e ninguém gosta de ficar no vácuo.

 

Interação

Um amigo seu publicou um Instagram Story, há alguns minutos, sobre algum tema que o faz sentir vontade de conversar com ele. O que faz?

É um palpite arriscado, mas imagino que responda o Story dele para não perder o fio da meada,  comente algo e, a partir daí iniciam uma conversa.

Esta mesma lógica aplica-se ao seu negócio e ao seu público. Mesmo sabendo que podem entrar em contato pelo site, telefone ou outros canais oficiais, as pessoas irão procurar pelo Instagram, Facebook ou outras redes para esclarecer as dúvidas porque sabem que há uma probabilidade maior de resposta rápida.

 

Conversão

Adaptar o seu material às diferentes redes sociais, parametriza os links e publica tudo direitinho. O público clica, converte e (plim!) agora você tem leads. Parece ser simples, não?

Talvez até seja simples mesmo para uma primeira conversão/compra mas, sinto muito por começar a falar o que se passa na realidade: ao chegar no final do funil de vendas, o jogo recomeça. Ou, melhor dizendo:passa de nível e, com isso, ganha complexidade na jornada – agora, precisa criar recorrência.

E como isso pode ser feito? Se sua fonte de leads é a oferta de conteúdo, ao interagir com o seu público nas redes sociais, pode ter vários insights de temas para abordar ou formatos mais palatáveis. Se o seu funil é mais curto e a intenção é levar o utilizador a encher o carrinho mais uma vez, é possível aproveitar as tendências nas redes sociais e datas comemorativas para levar a audiência a comprar novos produtos.

 

Recomendação

De acordo com um estudo da Referral Candy, cerca de 83% dos consumidores estão dispostos a recomendar marcas da sua confiança. No entanto, muitas marcas perdem de explorar esse potencial e incentivar essa indicação.

Para conseguir recomendação dos seus consumidores (no caso do seu produto) ou do seu público (para conseguir mais seguidores, maior engagement ou mais alcance nos seus conteúdos), a receita é simples: fale a língua do seu público e gere identificação. Incentive o diálogo com e sobre a sua marca – se a experiência for positiva, as pessoas vão falar sobre isso.

Fonte: Resultados Digitais